FUNDO AMAZÔNIA

Mauro quer assumir negociações com o mundo

Governador está tomando providências preventivas para evitar o desgaste do agronegócio de Mato Grosso diante dos mercados mundiais

Felipe Leonel

Acesse o Blog

22/08/2019 08h19 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00 1 comentario

Mauro quer assumir negociações com o mundo

Christiano Antonucci

O governador Mauro Mendes (DEM) lamentou a suspensão dos repasses financeiros da Alemanha e Noruega, na ordem de R$ 155 milhões e R$ 132 milhões, respectivamente, devido ao suposto desmatamento da Amazônia e não redução de emissão de gases poluentes na atmosfera. Mauro teme o embargo destes países aos produtos do agronegócio mato-grossense. 

“Nós queremos preservar, cumprir a legislação, agora o mundo precisa nos ajudar, pois foi ele [o mundo] que se propôs a isso, fez acordos de que haveria compensação aos países que não desmatassem. Nós temos feito isso, queremos que o mundo faça esse pagamento, em valores inclusive mais expressivos”, afirmou. 

Mendes também se mostrou preocupado com a condução das negociações encabeçada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). O presidente da República tem acirrado os ânimos internacionais com declarações polêmicas sobre os repasses dos demais países, destinados à preservação ambiental. 

“Me preocupa gigantemente neste momento é a condução dessa relação, desse momento, no qual foi sinalizado o crescimento do desmatamento na Amazônia. Isso pode atrapalhar as relações comerciais do Brasil com muitos países do planeta. Pode gerar embargo ambiental aos produtos do agronegócio”, afirmou. 

Um eventual embargo, na avaliação do chefe do Executivo estadual, seria catastrófico e desastroso para a economia brasileira e mato-grossense. Mendes disse estar tomando providências preventivas para evitar o desgaste do agronegócio de Mato Grosso diante dos mercados mundiais, compradores das commodities do Estado. 

“Vou começar a marcar agenda, no retorno das férias dos embaixadores, para permitir o diálogo com eles, mostrando o esforço feito por Mato Grosso na linha da preservação ambiental”, afirmou. “Vamos mostrar aquele sistema que colocamos em funcionamento e que vai detectar em tempo real desmatamento acima de meio hectare”, concluiu. 

1 COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. ESSE AÍ MENTE MAIS QUE PINÓQUIO O DILMAR DALBOSCO ACABANDO COM TUDO COLOCANDO SECRETÁRIA QUE ERA DO GABINETE DELE PRA SECRETARIA DA SEMA TUDO MADEIREIRO E QUER VIR DA MORAL PARA MENTIROSO

Comente, sua opinião é Importante!