TENTATIVA DE LATROCÍNIO

Empresário é baleado durante roubo e ladrões são presos

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil e Polícia Militar conseguiu localizar dois ladrões e identificar o terceiro suspeito que está foragido

Jefferson Oliveira

Acesse o Blog

10/09/2019 12h40 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Empresário é baleado durante roubo e ladrões são presos

Gilberto Leite

Dois criminosos identificados como Willian da Silva, 22, conhecido pelo apelido de “Café”, e Diego Jesus da Silva, 20, foram presos em flagrante poucas horas após tentarem matar o empresário Anderson Tutta Silva Ribeiro, durante um roubo no bairro Parque Atlântico, em Várzea Grande (Região metropolitana de Cuiabá).

A vítima de acordo com sua namorada, resolveu fazer um jantar para o casal, onde ele acabou se declarando e a pedindo em noivado. Após a noite que seria perfeita para o casal, a noite se tornou pesadelo por volta das 22h30min, quando a garota deixava a casa do amado.

Ainda segundo a testemunha, quando ela deixava o imóvel, três bandidos se aproximaram das vítimas armados e anunciaram o roubo. O casal foi rendido e levado para dentro do imóvel. Os ladrões subtraiam objetos da residência, quando Anderson resolveu reagir ao roubo sofrido.

Durante a luta corporal entre a vítima e um ladrão, o comparsa do bandido interviu e atirou em direção as duas pessoas que brigavam. No disparo Café foi atingido e o tiro transfixou e acertou o empresário.

Depois da tentativa de latrocínio os bandidos fugiram. Anderson foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Várzea Grande (PSVG) e a equipe médica que atendeu a vítima, acionou a Polícia Militar. O caso foi repassado a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf-VG), que em conjunto com a PM iniciou as buscas para localizar os bandidos.

A delegada da Derf-VG, Elaine Fernandes da Silva, disse em coletiva para a imprensa, como a ação entre as forças de segurança agiram para localizar os suspeitos da tentativa de latrocínio.

“Em menos de 24h conseguimos elucidar essa tentativa de latrocínio e associação criminosa armada. O objetivo da integração é único, é a segurança pública e o bem da sociedade independente da cor da farda se é preta ou azul marinho, o que importa é estarmos juntos atuando no combate à criminalidade”, revelou Elaine.

A delegada também disse que os criminosos presos já possuem passagens criminais, e um menor que está foragido e participou da tentativa de latrocínio também já possui antecedentes  e são classificados como de altíssima periculosidade.

O comandante do 2° Comando Regional de Várzea Grande, o coronel PM Marcos Roberto Sovinski, disse que após o acionamento da Polícia Militar pelo telefone 190, as equipes se mobilizaram para identificar e prender os suspeitos

“A Polícia Civil trabalhou junto com a PM durante toda a madrugada trocando informações e abordando possíveis suspeitos, quando na madrugada desta terça-feira (10), obtivemos êxito na prisão dos dois indivíduos. Um que entrou em luta corporal com a vítima no momento do roubo e outro que deu apoio ao bando em um carro, veículo este que foi recuperado”, explicou Sovinski.

As equipes ainda continuam em diligência para localizar o terceiro ladrão que é menor de idade. O atual estado de saúde de Anderson não foi informado.

 

Comente, sua opinião é Importante!