PUBLICIDADE
SEM BRINCADEIRAS

Presidente da Mancha Verde critica cantor de Cuiabá que ofendeu torcida

O presidente também repudiou os donos de casas de shows que permitem esse tipo de apresentação que incita a violência.

Jefferson Oliveira

Acesse o Blog

11/11/2019 19h19 | Atualizada em 11/11/2019 19h29 1 comentario

Presidente da Mancha Verde critica cantor de Cuiabá que ofendeu torcida

Luciano Amarante - FolhaPress

Paulo Serdan Aquino, presidente da torcida Mancha Verde de São Paulo criticou em seu Facebook, a atitude do cantor de pagode Léuo Araújo, que ficou conhecido nacionalmente após apanhar de um torcedor alviverde depois de provocar torcedores em um bar de Cuiabá no último sábado (09).

O presidente da maior torcida organizada do Palmeiras postou que esse tipo de ‘apresentação’ tem acontecido com frequência e que tem gerado falta de respeito a frequentadores das casas noturnas.

“O que vou dizer agora serve para qualquer Time, saimos de casa para nos divertir, pagamos para entrar em uma casa dê shows etc, dai vem um cara que se acha Artista e que não respeita ninguém”, diz parte da postagem de Paulo.

Ainda o presidente repudiou os donos de casas de shows que permitem esse tipo de apresentação que incita a violência.

“Os Donos de Casas de Shows tem que começar a Educar seus Contratados a que não cometam esse erro, pois muitas outras vezes isso acabara acontecendo e a Responsabilidade e maior da Casa que Contratou esse Imbecís.... Respeito a Todos !!!! Somos Clientes e não Amigos da banda !!!!”, completou.

A postagem do presidente já possui mais de 890 compartilhamentos e outros torcedores do Palmeiras espalhados pelo Brasil apoiaram a atitude do torcedor de Cuiabá na postagem de Paulo Serdan.

Um torcedor postou ‘Foi mesma coisa que aconteceu no show aq em Recife esse fim de semana cm Xande de pilares , a diferencia foi que o torcedor do Santa jogou cerveja nele’, já uma torcedora de Cuiabá, apoiou o palmeirense e escreveu, “Aqui em Cuiabá está complicado! Todo pagode que a gente vai ,eles cantam isso...tomou pouco ?”.

O caso

Léuo Araújo se apresentava no Bar da Boa, localizado na Avenida Tenente Coronel Duarte em Cuiabá, após o clássico Palmeiras e Corinthians que terminou empatado.

Durante sua apresentação, o cantor provocou alguns torcedores com a música ‘O Palmeiras não tem mundial’, o fato acabou gerando uma confusão no estabelecimento e Léuo teve que ser escoltado pela polícia para ir embora da casa de shows.

Alguns torcedores começaram a atirar bebidas e objetos no palco quando Léuo fez a provocação, em seguida, um torcedor que ainda não foi identificado, foi para cima de Léuo e começou a agredi-lo com socos e pontapés.

Após apanhar, Léuo registrou um boletim de ocorrências, e postou uma nota falando das agressões sofridas e que se apresentaria normalmente no domingo (10), em outra casa noturna da capital.

O cantor também agradeceu as mensagens de apoio recebida e limitou os comentários em sua rede social.

 

 

1 COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Quando fica sem matéria para poder passar para a população vcs passam qualquer merda

Comente, sua opinião é Importante!