HORA ESTENDIDA

Unidades básicas de saúde vão atender até as 21h

A nova modalidade é parte do Programa Unidade de Medicina Ambulatorial em Especialidades (MAE), criado para humanizar os atendimentos objetivando a promoção em saúde

Redação OEMT

Redacao

11/09/2019 06h40 | Atualizada em 10/09/2019 19h39

Unidades básicas de saúde vão atender até as 21h

Reprodução

O Projeto Hora Estendida começou a ser aplicado em Cuiabá nesta terça-feira (10), com a extensão do horário de atendimento no Centro de Saúde do bairro Tijucal, que passará a funcionar das 8h às 21h. A nova modalidade é parte do Programa Unidade de Medicina Ambulatorial em Especialidades (MAE), criado para humanizar os atendimentos objetivando a promoção em saúde. 

Por ora, apenas o Tijucal conta com o projeto, mas a previsão é que o serviço seja expandido nos próximos meses. Além dos atendimentos inerentes às unidades básicas de Saúde, a população que buscar a Hora Estendida terá acesso a exames laboratoriais, emergências de baixa complexidade e atendimentos odontológicos.

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) ressaltou que a ampliação do horário na Rede Básica de Saúde, visa, sobretudo, contemplar os trabalhadores cuiabanos que não tinham tempo de buscar os serviços na Atenção Básica.

“Era impossível para um trabalhador buscar os atendimentos na Rede Básica, vez que o funcionamento normal é das 7h às 17h com intervalo para almoço. Mas, a partir de hoje, com o projeto Hora Estendida, a Atenção Básica passa a ofertar atendimentos, inclusive da odontologia, das 7h às 21h, sem intervalo para almoço”, frisou.

A dona de casa Quitéria Santos, de 66 anos, aprovou a iniciativa. “Só de saber que teremos o nosso posto de saúde aberto até às 21h é um benefício enorme. Às vezes, a gente só precisa trocar uma receita que não dá pra fazer na hora do trabalho e acaba tendo que ir em uma UPA e a gente sabe que atrapalha as pessoas que estão em situação mais grave”, disse.

Comente, sua opinião é Importante!