CRIMES AMBIENTAIS

Ministro da Defesa acompanha operação Verde Brasil 2

O governo federal autorizou o uso das forças armadas nos estados que precisarem de ajuda. É o caso de Mato Grosso, que agora está atuando com o Exército.

21/05/2020 08h41 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Ministro da Defesa acompanha operação Verde Brasil 2

Reprodução

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, esteve em Cuiabá nesta quarta-feira (20) para acompanhar a operação Verde Brasil 2, deflagrada no dia 11 de maio para combater crimes ambientais como desmatamento e queimadas ilegais nos estados que compõem a Amazônia Legal.

Do aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, o ministro seguiu para a sede da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército, em Cuiabá, onde participou de uma reunião virtual com as forças de segurança de Rondônia, Pará e Mato Grosso para avaliar a operação Verde Brasil 2.

O governo federal autorizou o uso das forças armadas nos estados que precisarem de ajuda.

É o caso de Mato Grosso, que agora está atuando com o Exército.

Segundo dados do Imazon, o desmatamento na Amazônia Legal em abril aumentou 171% em relação ao mesmo período do ano passado, com 529 quilômetros quadrados de área devastada. Mato Grosso está em segundo lugar e Colniza, a 1.065 km da capital, é o município com maior incidência de devastação ambiental.

Nos primeiros nove dias de operação, já foram apreendidos em Mato Grosso 900 metros cúbicos de madeira ilegal, 19 veículos, entre tratores e caminhões, e 9 pessoas foram presas em flagrante.

Durante a operação também foram apreendidos nas estradas 206 quilos de pasta base e 200 quilos de maconha.

FONTE: G1

Comente, sua opinião é Importante!